Patagônia argentina

Já falei por aqui da Patagônia chilena, mas a parte argentina, igualmente linda, ficou faltando. Para pagar essa dívida, o post de hoje é dedicado a falar um pouquinho dessa região.

Digo um pouquinho porque ainda me faltam várias cidades do sul da Argentina para conhecer. Minha viagem para lá incluiu Ushuaia, El Calafate e El Chaltén, e acabou deixando de fora locais como Puerto Madryn e até mesmo Bariloche, que apesar de ser um destino um pouco batido, me parece bonito e interessante.

Em Ushuaia, o fim do mundo, fiquei dois dias e fiz um passeio de barco para conhecer o canal de Beagle, e outro para fazer uma trilha pelo Parque Nacional Tierra del Fuego. Há também quem aproveite para esquiar (dizem que é para lá que os argentinos vão esquiar, enquanto os brasileiros invadem Bariloche), mas minha inexperiência nesse esporte me fez preferir os outros passeios.

Já em El Calafate a principal atração é o Glaciar Perito Moreno, a geleira enorme da foto acima. Nele você pode fazer uma trilha, com guia e sapatos especiais (os chamados grampões), e depois ficar assistindo pedaços enormes de gelos se desprendendo da geleira. Há também passeios de barco no qual chega-se perto de outros glaciares. Recomendo fazer o do barco antes do Perito Moreno, caso contrário o primeiro acaba perdendo a graça.

Já em El Chaltén o forte são as trilhas e são várias. As duas principais são Fitz Roy e Laguna de Los Tres, que vão exigir um dia inteiro de caminhada, cada uma. Há outras menores também, que valem fazer caso você tenha mais tempo, para ver cachoeiras e tentar avistar algum condor. Aqui também faço uma recomendação: deixe Fitz Roy por último, pois é a maior e mais cansativa. Se você fizer ela primeiro, não terá forças para fazer outra no dia seguinte.

A Patagônia é uma região com paisagens lindas e uma natureza que tira o fôlego, excelente para fotografias desses tipos. Não cheguei a levar filtros NDs, indicados para tirar fotos em neve/gelo, mas consegui me virar sem. Um tripé é até legal em alguns momentos, mas lembre-se do peso na hora da trilha.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s