Patagônia Chilena

A viagem para a Patagônia chilena foi feita há quase dois anos, junto com a parte argentina, mas não vou fazer comparações sobre os dois lados aqui, até porque passei mais tempo na Argentina do que no Chile e esse não é o objetivo do blog.

A Patagônia por si só é linda e um lugar perfeito para quem gosta de natureza. Se você detesta muito o frio, digo para deixar esse ódio um pouco de lado e se agasalhar bastante, porque essa, com certeza, é uma viagem que vale a pena. A beleza do lugar também possibilita fazer lindas fotos.

Bom, depois de passar por Ushuaia, El Calafate e El Chaltén na Argentina, segui para Puerto Natales, no Chile. A cidade é minúscula, mas é a base para quem vai visitar Torres del Paine, a principal atração da Patagônia chilena.

É possível visitar o parque em um único dia, fechando um passeio com alguma agência para ir de van e voltar para Puerto Natales no fim do dia, mas a maioria faz a trilha, que pode variar de cinco até 10 dias, dependendo do caminho que você escolhe.

Aqui fica uma ressalva sobre como é realmente importante se informar antes de viajar. Tinham me falado que eu poderia fazer a trilha em três dias, e eu acreditei, mas ao chegar lá vi que nem as pessoas mais em forma e atletas conseguem fazer a menor trilha em tão pouco tempo. Como não tinha cinco dias para alongar a viagem, acabei fazendo o passeio de um único dia, mas reserve mais tempo, porque um único dia vai lhe deixar com gosto de queiro mais.

Também é possível fazer um passeio de barco para ver Glaciares nas redondezas de Puerto Natales, mas depois de fazer isso em El Calafate, para ver o Glaciar Perito Moreno (bem maior), esse passeio foi até meio sem graça. Fora isso, não tem muito mais coisa para fazer em Puerto Natales, a não ser comprar lembrancinhas.

A segunda e última parada na Patagônia chilena foi Punta Arenas, mas apenas para passar um dia e pegar o avião de volta. A cidade é charmosinha e maior que Puerto Natales. Para quem pretende ficar mais tempo por lá, há algumas opções de passeios como a Isla Magdalena, para ver a colônia de Pinguins-de-Magalhães.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s