Eslováquia

Bratislava

No meu roteiro inicial a Eslováquia. não estava incluída. Não porque eu não tivesse interesse, mas simplesmente por nunca ter ouvido falar nada sobre o país, a não ser sobre o período em que formava a Tchecoslováquia, junto com a atual República Tcheca.

Mas entre tantas pesquisas e conversas com pessoas que viajaram, resolvi incluir a capital Bratislava no meu roteiro, no caminho entre Hungria e República Tcheca.

Considerando apenas atrações turísticas, a capital do país é bem pequena e pode ser conhecida em um dia. Dois se você for bem devagar e tranquilo, do tipo que caminha de manhã e dorme a tarde.

Em Bratislava também fiz um Free Walking Tour, no qual fiquei sabendo que o centro histórico era muito maior, mas teve grande parte destruída durante o período do comunismo.

Isso porque o então governo da Tchecoslováquia havia escolhido Praga como a cidade cultural, onde a arquitetura seria preservada, e Bratislava como a cidade industrial. Isso acabou levando a derrubada de parte do centro histórico para dar lugar a novas ruas, avenidas e prédios.

No centro histórico as ruas são em sua maioria apenas para pedestres. Há construções históricas como o Portão de São Miguel (o único que sobreviveu), que é uma passagem entre a parte nova e a velha da cidade. Também há igrejas e muitos restaurantes e lojas de lembrancinhas.

Uma coisa bem comum no centro histórico são as estátuas, todas meio doidas, como a que aparece na foto acima. Aparentemente nem os locais sabem bem o que ela representa. Alguns dizem que é um homem tentando ver por debaixo das saias das mulheres, outros que apenas faz parte do humor eslovaco. De qualquer forma, elas já viraram atração turística e fazem parte da fama da capital eslovaca.

Um dos destaques da cidade é o Castelo de Bratislava, construção que além de histórica, é um ponto mais alto, para ver a cidade toda.

Outro lugar para ter uma visão de toda a cidade é a UFO Tower, uma torre que tem esse nome porque seu topo parece um disco voador. Nessa parte da cidade não fui, pois me disseram que há um restaurante onde um jantar pode facilmente custar mais de 100 euros.

O turismo em Bratislava aparentemente tem aumentado nos últimos anos, mas pelo que pude perceber, os eslovacos ainda se ressentem de dois filmes nos quais turistas eram mortos na cidade.

Um deles se chama Hostel, e aparentemente hóspedes nesse hostel eram esquartejados (não vi o filme, não sei bem como é a história). Já o outro filme eu não lembro o nome, mas também era algo relacionado com morte.

Segundo a guia do tour que fiz, o país viu uma redução de 75% no turismo depois dos filmes. Mas a cidade é extremamente segura, mesmo para caminhar a noite (apesar de algumas ruas poucos iluminadas).

Este slideshow necessita de JavaScript.

Voltar ao site

 

Anúncios

Um comentário sobre “Eslováquia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s